INTERCÂMBIO DE CONHECIMENTO E PRÁTICAS DO PROCESSO PRODUTIVO

Estive durante os meses de junho e julho em Trier na Alamenha, realizando um Estágio Prático na Cervejaria Kraft Bräu. Retornei com novos conhecimentos e práticas. Nosso curso agora está totalmente revitalizado...

Abraços, Felipe Viegas

Enriko e Patrick (Kraft Bräu) e Felipe Viegas (Taberna do Vale)

CURSO DE PRODUÇÃO DE CERVEJA EM CASA

CURSO DE PRODUÇÃO DE CERVEJA EM CASA
COMO CHEGAR NA TABERNA DO VALE - Nova Lima - Br-040 - sentido RJ - Av. Canadá, 968 - Bairro Jd. Canadá

Faça-nos uma visita, será um prazer recebê-los na Taberna do Vale. Agende sua visita com Felipe Viegas (31) 9136-8484

quarta-feira, 19 de maio de 2010

BREW DAY NA CER VEJARIA COLORADO - PRESENÇA MARCADA PELAS MÃOS DO AMIGO MÁRCIO ROSSI

A coincidência de termos no mesmo final de semana, cursos da Taberna do Vale agendados, nos impossibilitou de participar desta festa maravilhosa que aconteceu na Cervejaria Colorado em Ribeirão Preto. Mas mesmo não estando por lá, as cervejas da Taberna do Vale foram, através das mãos do nosso grande amigo Márcio Rossi, que se encarregou de levar amostras das nossas criaçõecs para presentear pessoas icônicas do universo cervejeiro brasileiro como Marcelo Carneiro, Alexandre Bazzo, Cilene Saorin e André Clemente.

Cilene Saorin (Beer Somelier, Consultoria Especializada, Mestre Cervejeira) e André Clemente (Prazeres da Mesa) com as nossas cervejas Carolweiss Hefe-weiss, Porter da Taberna e Abadia das Gerais Tripel...
Segue abaixo, uma parte do texto criado pelo Márcio e postado no Blog da ACervA Mineira, falando um pouco sobre aquela, que foi uma festa maravilhosa... Pena não podermos estar presentes, quem sabe na próxima...
" Ribeirão Preto é uma cidade cujo nome remete imediatamente à bebida que a fez famosa: o chope. Não é à toa, ali faz um calor danado e nada como um chopinho para refrescar. Quando a família de Marcelo Carneiro ali chegou, cheia de ideias para sua cervejaria artesanal, precisou enfrentar a descrença dos que evocavam a tradição centenária da indústria cervejeira na cidade. Ironicamente, a lendária Antárctica de Ribeirão Preto fechou suas portas e hoje a Cervejaria Colorado é a única fábrica de cerveja da cidade.

E foi nessa fábrica, fundada por cariocas em território paulista e localizada na rua Minas que aconteceu o Brew Day Colorado com participação das ACervAs Carioca, Paulista e Mineira. Enquanto a Colorado produzia uma de suas cervejas, cada ACervA elaborava uma receita em cozinhas de pequeno porte adquiridas e disponibilizadas pela Colorado para esse fim. Inédito no Brasil, o evento reuniu ainda cervejólogos, bier sommeliers, jornalistas especializados e muitos, muitos amigos da boa cerveja.

A festa começou na manhã de sábado. A ACervA mineira madrugou no local com o cervejeiro Cristiam Rocha(Profana-Juiz de Fora) batendo à porta já às 7:00 da manhã; ele chegara de longa viagem animadíssimo para colocar a mão na massa. Juntaram-se a ele na elaboração e produção Zé Augusto, Roberto Aquino (A Nossa - Itabira) e Álvaro Monteiro. A receita foi ajustada nos momentos finais pelo Cristiam e Zé Augusto conforme os materiais disponíveis: uma belíssima Imperial IPA. Enquanto isso a ACervA Paulista brassava uma cerveja de centeio e a Carioca uma Double Triple.

Microfones, filmadoras e fotográficas profissionais e amadoras trançavam de um lado para outro. Fabiana Arreguy e Marco Falcone gravaram depoimentos para o Pão&Cerveja da CBN BH. Maurício Beltramelli registrava tudo para o TV Brejas. Enquanto isso pipocavam flashs por todos os lados. Muito movimento, barulho e calor, este generosamente combatido por chopes e cervejas Colorado à vontade, além de garrafas e mais garrafas de produções artesanais que circulavam. Dentro dos escritórios um farto café da manhã cuidava de prover energia aos convidados. Nesse clima confraternizavam-se todos, ricas trocas de experiências ocorriam, e contatos preciosos e novas amizades eram feitas.


Durante a festa pudemos ver a Cervejaria em plena operação. A belíssima cozinha com tinas de cobre fumegava durante a brassagem. No piso inferior a engarrafadora cuspia garrafinhas de IPA que eram prontamente abertas e consumidas pela multidão ávida por abrir e consumir uma garrafa recém saída da linha de produção.

No meio da tarde a horda deslocou-se para outro prédio da Colorado onde funcionava depósito e loja. Lá erámos aguardados por um generoso churrasco regado a chopes Colorado, Falke e Bamberg, além de uma antiga pick up Chevrolet cheia de gelo e cervejas artesanais na caçamba. À vontade: era pegar, abrir e beber. E a turma bebeu. O ambiente era ainda animado por rock n' roll ao vivo proporcionado por uma dupla de guitarrista e baterista que improvisadamente alojados entre sacos de malte entoavam clássicos como Credence, Beatles e Stones."


Nenhum comentário:

Postar um comentário